segunda-feira, 1 de agosto de 2016

03 FRANK SINATRA ALL OR NOTHING AT ALL





Tudo Ou Nada

Tudo ou nada
Metade de um amor nunca me atraiu
Se o seu coração, ele nunca poderia se render à mim
Então eu prefiro, prefiro não ter nada
Eu disse tudo, ou nada
Se é amor, não há meio termo
Por que começar e então chorar, por algo que poderia ter sido
Não, eu prefiro, prefiro não ter nada
Hey, por favor, não traga seus lábios perto do meu rosto
Não sorria, ou eu ficarei irreconhecivelmente perdido
O beijo em seus olhos, o toque da sua mão me faz fraco
E meu coração, ele pode fica muito tonto e cair
E se eu cair sob o feitiço do seu chamado
Eu seria, levado pela maré
Bem, veja, eu tenho que dizer "não, não, não"
Tudo ou nada
E se eu cair sob o feitiço do seu chamado
Eu seria, levado pela maré
Bem, veja, eu tenho que dizer "não, não, não"
Tudo ou nada
Tudo ou nada