segunda-feira, 20 de junho de 2016

O KIBE DE DILMA

newsletter@oantagonista.com


A identificação de Adir Assad, o kibe, como um dos principais operadores de propina da Odebrecht, confirma que Dilma Rousseff foi eleita em 2010 com dinheiro sujo do petrolão.
Em sua delação, Delcídio do Amaral contou que Adir Assad foi o responsável por "uma das maiores operações de caixa 2 da campanha" da petista, constatação feita pela CPI dos Bingos - convenientemente arquivada.
Disse Delcídio:
"As empresas de Adir Assad eram empresas de prestação de serviços. No decorrer dos trabalhos da CPI se constatou que o financiamento de campanha de 2010, especialmente do PT, teria sido realiza do por meio de caixa 2, utilizando-se das empresas de Adir Assad.”
Ele também afirmou que "orientados pelo tesoureiro da campanha de Dilma", José de Filippi Júnior, "os empresários faziam contratos de serviços com as empresas de Assad que repassava recursos para campanhas eleitorais". E "Que esse expediente foi largamente utilizado.”
Agora, a Lava Jato descobriu o caminho do dinheiro até Assad, via offshores do Banco AOB.
Dilma é ilegítima como presidente desde 2010.