sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Seu tempo passou Eurico. E você não quis enxergar..de Cosme Rímoli

15 O maior derrotado no Campeonato Brasileiro de 2015. O iludido Eurico Miranda. O tempo passou e só ele não viu. Pior para o Vasco, preparado para o terceiro rebaixamento em sete anos...

Trechos do excelente artigo de Cosme Rímoli:
“O maior derrotado no Campeonato Brasileiro de 2015. O iludido Eurico Miranda. O tempo passou e só ele não viu. Pior para o Vasco, preparado para o terceiro rebaixamento em sete anos…”

Eurico Miranda não viu o tempo passar. Ficou completamente ultrapassado. Sua visão é a de um dirigente dos anos 70, quando gritos, truculência e aliança com o presidente da Federação Carioca tinham resultados.

Eurico Miranda foi parceiro de Eduardo Viana, presidente da Federação Carioca, por 22 anos, de 1984 até 2006, quando morreu. A aliança entre os dois sempre foi muito benéfica ao Vasco. Principalmente nos torneios estaduais, na época que eles eram muito importantes.

O Vasco costuma alugar Centros de Treinamentos, não tem o seu, moderno, como o futebol atual exige. A falta de reação de Eurico diante desse quadro é sinal de fraqueza.
Com o país mergulhado na recessão, o terceiro rebaixamento será um golpe pesado demais. A Caixa Econômica já avisou que mudou seu critério de patrocínios. E levará em conta o desempenho dos times. Sendo assim, a situação promete ser caótica em 2016.

Já há uma campanha na Internet para a renúncia de Eurico Miranda. Já tem mais de cinco mil assinaturas. Não há menor possibilidade. Mas mostra concretamente o desespero da torcida vascaína.

Eurico Miranda havia prometido que o respeito voltou com sua vitória na eleição de 2014. Os resultados dizem exatamente o contrário. Tudo que estava péssimo, conseguiu ficar pior.
O velho dirigente está sumido, calado.
Não há o que dizer.
A não ser reconhecer.

Seu tempo passou Eurico.
E você não quis enxergar...


http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/o-maior-derrotado-no-campeonato-brasileiro-de-2015-o-iludido-eurico-miranda-o-tempo-passou-e-so-ele-nao-viu-pior-para-o-vasco-preparado-para-o-terceiro-rebaixamento-em-sete-anos-04092015/